Jefferson ataca e faz insinuações gravíssimas contra ministros do STF

Patrícia Moraes Carvalho | 21/07/2020 | 4:42 AM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Vídeo ‘assombroso’ no final da matéria

Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, fez uma postagem no twitter que está causando uma enorme repercussão.

Ele insinua, claramente, que há um ministro do Supremo Tribunal Federal que pode estar envolvido com pedofilia.

A postagem é ilustrada com uma foto de alguns ministros ingressando no plenário, em fila, com suas capas pretas, com as cabeças substituídas por cabeças de urubu. (Imagem acima)

No twitter, Jefferson diz o seguinte:

“O grande comentário em Brasília é que o ataque à Ministra Damares não é motivado por suas palavras contra prefeitos ou governadores, mas pelas suas recentes ações assertivas contra a PEDOFILIA.

Há um urubu que só come filhotes de aves no ninho. Sua capa vai cair.”



Entrevista ao canal Questione-se na última segunda-feira (20)

Durante a videoconferência, ele afirmou que os magistrados são “sodomitas”. Ele também chamou o ministro Edson Fachin de “Carmen Miranda”, o ministro Luís Roberto Barroso de “Lulu Boca de Veludo”, o ministro Gilmar Mendes de “Sapão” e o ministro Luiz Fux, futuro presidente da Corte, de “beija-pé”.

Ele disse que o Supremo é 1 “monturo de lixo” e que as pessoas vomitariam se assistissem às reuniões sigilosas da Corte. Disse que os ministros são “lobistas” e “homens de pouca estatura jurídica e moral”, que acumulam indicações da TV Globo, de empreiteiras e de “partidos comunistas”. Jefferson também fez referências homofóbicas.

Falando em nauseabunda, tem 2 ministros lá [no STF] que têm esses gostos, né? É, tem. Tem ministros de rabo preso e 2 de rabo solto. Um é o Carmen Miranda e o outro é o Lulu Boca de Veludo. É uma coisa… Você imagina 1 homem desses julgando“, disse o ex-deputado durante a entrevista.

Segundo o ex-deputado, Fux se “ajoelhou e beijou os pés” da mulher de Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, em agradecimento à indicação dele ao STF.

Depois, ele disse que Edson Fachin foi indicado por Joesley Batista, da JBS, e que trabalhou nos gabinetes do Senado por obra de Ricardo Saud, a quem se referiu como o “homem da mala” da empresa.


Sem noção – O vídeo que poderá levar Jefferson para a cadeia


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Whatsapp
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.