Se Dallagnol não for para a PGR, era uma vez um ‘mito’

Amanda Nunes Brückner | 24/08/2019 | 6:34 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O xadrez político, aos poucos, vai se desenhando.

Parte dos ministros do STF tem um único objetivo: matar a Lava Jato e, por consequência, soltar o criador do Foro de SP, preso em Curitiba.

Para isso, eles (os supremos ministros esquerdistas) contam com o apoio da mídia pilantra do país, que há alguns meses vem promovendo uma campanha sórdida contra Deltan Dallagnol e Sérgio, que são os alicerces da Lava Jato.

O passo seguinte será a união de Rodrigo Maia (presidente da Câmara) e Davi Alcolumbre (presidente do Senado) para dar início a um processo de impeachment contra Bolsonaro.

Mas calma … caso isso aconteça, nós (brasileiros honestos) ainda temos uma última cartada.

Nosso vice presidente é um general do exército, podendo portanto convocar os militares para uma possível intervenção nos demais poderes.

O que fazer para evitar esse caos?

Simples … Bolsonaro deve ressaltar seu apoio incondicional a Sérgio Moro e nomear Deltan Dallagnol para a PGR ou … era uma vez um ‘mito’.

 


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.