Irene Ravache se revolta com a soltura da assassina de Isabella Nardoni: “Somos mães e não aceitamos isso”

A atriz Irene Ravache gravou um vídeo onde expressa sua revolta com o caso da menina Isabella Nardoni, que foi jogada do sexto andar de um edifício na Vila Guilherme (SP) no ano de 2008.

A atriz fez uma publicação nas redes sociais onde classificou como “cruel” a liberação da madrasta de Isabella para o regime semiaberto:

“Acabo de saber que a assassina da menina Isabella recebeu um benefício da Justiça […] quero pedir a todas as mães, avós, madrastas, tias, madrinhas, irmãs que se unam nesse momento […] essa menina quem tem que ter justiça […] a assassina dela não pode receber esse benefício. É cruel”

Anna Carolina Jatobá, a assassina, conseguiu a progressão da pena porque manteve um ‘ótimo’ comportamento na prisão.

Irene também deu sua opinião sobre o fato:

“Benefício por bom comportamento? Jogar a enteada pela janela foi bom comportamento? Não aceitamos isso. Somos mães, somos avós e não queremos essa mulher em liberdade.”

O pai de Isabella (Alexandre Nardoni) e a madrasta (Anna Carolina Jatobá) foram condenados (em março de 2010) por homicídio doloso qualificado e receberam a pena de 31 anos e 1 mês e 26 anos e 8 meses, respectivamente.

Isabella tinha apenas 5 anos quando morreu.



 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!