• busca por palavra (s)
  • Homem de 31 anos morre após fazer tatuagem. Ele ignorou o alerta de ‘não nadar’


    Um homem morreu por não seguir o conselho de seu tatuador, que foi bem enfático: Espere duas semanas antes de ir nadar.

    O jovem de 31 anos de idade sofreu um choque séptico – uma infecção das camadas mais profundas da pele e do tecido subjacente – após se banhar no mar do Golfo do México.

    O mexicano se arriscou no mar cinco dias depois que tatuou uma cruz em sua panturrilha direita, o que acabou resultando em uma infecção grave seguida de choque séptico fatal.

    Sua ferida adquirida foi infectada com bactérias carnívoras e ele desenvolveu febre e uma erupção cutânea grave em torno da tatuagem, informou o Daily Mail.

    Dois dias depois do início da infecção, ele foi levado para um hospital, onde os médicos viram algumas manchas em sua perna […] a primeira suspeita foi de infecção por Vibrio Vulnificus – significava que o paciente estava em risco de sofrer de uma doença hepática crônica.

    Os hábitos alimentares enfraqueceram o fígado e tornaram o órgão mais vulnerável à infecções devido a uma diminuição no número de glóbulos brancos, que são células especializadas na defesa do organismo.

    Em um período de 24 horas, todos os outros órgãos começaram a falhar e o paciente teve que ser entubado.

    Durante algumas semanas ele permaneceu estável, até que sofreu choque séptico ( infecção que se alastra pelo corpo rapidamente) […] os rins entraram em colapso e o homem faleceu.

    O relatório médico documentou o caso como trágico:

    “Apesar do tratamento inicial agressivo, o paciente desenvolveu choque séptico e veio a falecer. Este caso destaca a associação de uma doença hepática crônica associada à infecções de Vibrio Vulnificus (bactéria que vive em ambientes marinhos).”

    Fica um alerta para as pessoas que pensam em fazer sua primeira tatuagem:

    Procure todas as informações necessárias antes e depois de fazer qualquer procedimento: curativos, pomadas, coceiras, irritações na pele, contato com água, higienização, sol, alimentação, idoneidade e histórico do tatuador, etc…

    As imagens da infecção são fortes e preferimos não postar aqui. Caso você queira ver, clique no link do Daily Mail.


     

    publicidade



    error: Conteúdo protegido !!