Harvard sugere que vírus pode ter surgido em agosto, mês em que Dória estava na China fazendo ‘parcerias’

Amanda Nunes Brückner | 11/06/2020 | 8:45 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Eles sabiam?

Na manhã de hoje (11), o governador João Doria (SP), anunciou que o Instituto Butantan será parceiro de um laboratório chinês para a produção de uma vacina contra o coronavírus que está em fase final de testes:

“Hoje é um dia histórico … o Instituto Butantã fechou acordo de tecnologia com a gigante farmacêutica Sinovac Biotec para a produção da vacina contra o coronavírus. (…) estudos indicam que ela estará disponível no primeiro semestre de 2021”

Até aí, tudo bem.

Só que uma frase dita por Dória nos chamou atenção … vale ressaltar que não estamos acusando e sim questionando.

Em março de 2020, a OMS declarou oficialmente a pandemia … o primeiro caso de coronavírus teria surgido em janeiro deste ano … logo depois, a China voltou atrás e disse que um caso havia sido registrado em dezembro de 2019.

Nesta semana, uma pesquisa da Harvard Medical School, analisou os movimentos em estacionamentos de hospitais da cidade chinesa e as buscas sobre sintomas compatíveis com a covid-19 na Internet e concluiu que a doença poderia estar em evidência mesmo antes desse período, desde agosto.

A pesquisa, exposta em um texto preliminar publicado em um órgão de divulgação de Harvard, utilizou fluxos de dados previamente validados e obtidos mediante imagens de satélite de estacionamentos de hospitais e dados de buscas no Baidu (principal mecanismo de pesquisa na Internet da China) de termos relacionados a sintomas consistentes com a doença.

Vai vendo …

No dia 18 de outubro de 2020, o Johns Hopkins Center for Health Security, departamento da Universidade que atualmente sedia os dados oficiais [as desgraças] mundiais causados pelo vírus chinês, em parceria com o Fórum Econômico Mundial e a Fundação Bill e Melinda Gates, sediou o Evento 201, um suposto exercício de pandemia de alto nível, em Nova York, NY.

O que isso tem a ver com o prefeito de São Paulo?

Durante o discurso de hoje, uma fala específica de Dória foi [digamos] um pouco incompreensível:

“Essa vacina é a nossa esperança e a nossa fé … obrigado a todos, obrigado ao Instituto Butantã e toda sua equipe Dimas Covas … obrigado aos cientistas, professores, técnicos, médicos paramédicos … aqueles que no Brasil tem ajudado a salvar vidas …”

“Nossos agradecimentos também aos parceiros chineses que acreditaram no Instituto Butantã, que acreditaram no governo de SP, quando abrimos em agosto do ano passado o nosso escritório em Xangai.”

Será que tem algo estranho ou estou ficando maluca?

Harvard sugere que o vírus pode ter surgido em agosto, mesmo mês em que Dória foi à China fazer ‘parcerias estratégicas.’

Deve ser só uma coincidência do destino … assim como também é coincidência que o Brasil tenha sido um dos países escolhidos para testar a eficácia de uma outra vacina [desenvolvida pela Universidade de Oxford] em parceria com o Instituto Bill Gates, o mesmo instituto que fez uma ‘simulação’ de uma provável pandemia.

Ahhh … e antes que algum desses malditos checadores (esquerdistas) de notícias possa classificar esse texto como fake, já vou logo avisando … essa é uma teoria da conspiração pessoal minha (Amanda Nunes), tá ok?

Abaixo o trecho do vídeo:



Vídeo completo:

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.