Haitiano que deu chilique na frente de Bolsonaro jamais poderia ter questionado nossa soberania

Amanda Nunes Brückner | 18/03/2020 | 9:43 AM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Plantado pela mídia esquerdista …

Tem dias que, de verdade, sinto vergonha de ser brasileiro. Sinto vergonha da nossa passividade, nossa submissão, nossa síndrome de Vira-Latas.

O cara é lá da “raio que o parta” , comia MERcadoria em casa, foi acolhido no nosso país; recebido de braços abertos por um povo hospitaleiro, até em excesso.

Depois de instalado, alimentado, com um teto em cima da cabeça, o que é que o infeliz faz?

Vai na Capital Federal confrontar o nosso Presidente, questionar a nossa democracia, contrariar a vontade do povo que o acolheu.

De verdade, por mim, tinha que enfiar dentro do primeiro avião e despachar para o lugar de onde veio, com passagem só de ida e observação no passaporte, para nunca mais voltar.

E não venham falar que é porque xingou o Bolsonaro.

Se fizesse com Lula, minha reação seria a mesma.

NOSSA SOBERANIA NÃO DEVE SER QUESTIONADA POR FORASTEIROS.

O país não tem que agradar imigrantes. Se quiser ficar na NOSSA TERRA, que siga as NOSSAS REGRAS.

Se não, volte pra casa.

“Patriotismo é quando o amor ao teu próprio povo vem primeiro.

(GAULLE, Charles de)


(texto de Felipe Fiamenghi via rede social)

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.