Há 2 anos: Delegado da PF que investigava morte do ministro Teori Zavascki foi assassinado

Edson Jorge Silveira | 11/06/2019 | 6:45 AM | COTIDIANO
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A PF informou que as vítimas estavam na cidade de Florianópolis (SC) para participar de um curso

(Maio de 2017)

De acordo com o jornal “Zero Hora”, Adriano Antonio Soares estava acompanhado de outro policial federal e ambos foram baleados após um ‘suposto’ desentendimento em uma casa noturna.

Adriano era chefe da PF em Angra dos Reis e estava na corporação desde 1999.

O delegado era designado para investigar a morte do ministro Teori Zavascki (STF), morto em janeiro num acidente de avião em Paraty-RJ.

Elias Escobar, que chefiou a PF em Niterói e Volta Redonda, acompanhava Adriano no momento e também foi baleado e morto.

Segundo a PM, a ocorrência ocorreu perto das 2 horas da madrugada […] uma terceira pessoa também foi atingida pelo tiroteio e está internada em estado grave.

A Polícia Civil, juntamente com a Polícia Federal, irá investigar o caso.


leia também:

Avião em que ministro Teori Zavascki embarcou foi seguido durante 16 dias


Filho de Teori Zavascki: “Se eles compram o silêncio, podem derrubar aviões”

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.