Guerra nuclear pode começar a qualquer momento: “Todo o território dos EUA está dentro do nosso alvo”


A Coréia do Norte advertiu que uma guerra nuclear “pode ​​ter início a qualquer momento”

“Enquanto os EUA e a Coréia do Sul continuarem os exercícios militares na península, o mundo não estará seguro” declarou a mídia norte-coreana.

(Bloomberg) Kim In Ryong, vice-embaixador da Coréia do Norte nas Nações Unidas, disse ontem (16) que sua nação se tornou uma “potência nuclear de pleno direito que possui todos os meios de ataque disponíveis” e advertiu que “todo o continente dos EUA está dentro do alvo da Coreia do Norte”

O embaixador destacou que:

“O país que não participar das ações militares em conjunto com os EUA não será ameaçado e não se tornará alvo”, disse.

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, disse que a diplomacia será usada até que “a primeira bomba seja lançada”. 

Um funcionário do governo norte-coreano disse que um teste de míssil balístico intercontinental poderia coincidir com a visita de Trump à Ásia no próximo mês, informou a CNN:

“Serão necessárias mais duas etapas para que Pyongyang alcance seu objetivo de ter ICBMs confiáveis: uma detonação nuclear acima do solo e o teste de um ICBM capaz de destruir Guam (território norte-americano)”

A Rússia declarou ontem (16) que os EUA devem reduzir os exercícios militares próximos à Coréia do Norte, reiterando uma proposta para que ambos os lados recuem e acalmem as tensões.

“Não me lembro de passar por uma situação em que o desastre estivesse tão próximo e claro”, declarou o embaixador russo na Coréia do Norte, Alexander Matsegora.


leia também:

Nova arma da Coréia do Norte poderia matar 90% dos americanos em 1 ano, advertem especialistas


 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!