Gleisi vai para o Chile buscar reforço e promete ‘violência a nível internacional’

vídeos no final da matéria

O ataque teria acontecido nesta madrugada. Um integrante foi encaminhado para o hospital com um tiro no pescoço

Durante esta madrugada (por volta das 4h), um homem foi baleado no pescoço, em Curitiba.

Ele estava no acampamento Marisa Letícia, bairro Santa Cândida (onde fica a Superintendência da PF).

Uma segunda pessoa teria sido atingida de raspão.

Segundo sites petistas e militantes que estavam no local, um carro passou atirando enquanto os ocupantes do veículo gritavam palavras de ordem a Jair Bolsonaro.

Mais uma vez, ninguém viu a cara dos supostos bandidos, ninguém sabe a cor do carro e ninguém filmou o tal ato.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, usou as redes sociais para afirmar que o acampamento foi alvo de mais 20 tiros. (se Gleisi disse que foram 20 tiros, pode ter certeza que foram 2)

Ainda não há informações, por parte das policias civil e militar, se ouve realmente um tiro vindo de fora do acampamento ou se seria uma desavença entre os próprios militantes.



Vamos fazer uma violência internacional!


Curitiba vai virar nosso quartel general. É luta, é guerra!

 


Leia também:

Uma cena patética: Lindberg Farias fazendo discurso nas ruas. Ninguém deu atenção!


 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!