General sobre Lula: “A nação não quer que ele volte. É um canalha, um enganador”

O dia 31 de Março do calendário marca o glorioso Movimento em defesa da Democracia, desencadeado pelo Povo Brasileiro em 1964

As Forças Armadas assumiram o comando das ações para restaurar a ordem e dominar a subversão dos comunistas em nosso país.

Os militantes comunistas (leia-se PT e cia.) viram seus planos frustrados no Brasil e desencadearam ações de guerrilha (leia-se terrorismo) como:

Atentado ao aeroporto de Guararapes, em Recife (1966); bomba no Quartel General do Exército em São Paulo (1968); atentado contra o Consulado Americano; assassinato do industrial Henning Boilesen e do capitão do Exército dos Estados Unidos Charles Rodney Chandler; vários assaltos a bancos; sequestro de embaixadores estrangeiros no Brasil; assassinatos de recrutas em ataques a quartéis; e por aí afora […] basta usar o google e você descobrirá muito mais.

Paulo Chagas, General da reserva, fez um desabafo durante uma comemoração que ocorreu no dia 31 de março deste ano.

O vídeo foi transmitido pelo Facebook e o general comentou que os comunistas querem voltar a comandar o país.

58 segundos do vídeo

“O povo brasileiro já defenestrou um partido corrupto (PT) e uma presidente inepta […] e está rejeitando um canalha que se chama Lula da Silva […] que pretende voltar ao poder, mas não voltará porque a nação não quer que ele volte … porque ele não merece … ele é um enganador”

minuto 6:40

“Ninguém pode estar melhor informado do que as Forças Armadas. Se alguma atitude tiver que ser tomada, vai ser tomada na hora certa”


Confira o vídeo:


leia também:

Militares que faziam segurança de Lula e Dilma declaram: “Ambos eram insuportáveis e arrogantes”


publicidade


error: Conteúdo protegido !!