Fux e Moro se posicionam contra soltura em massa de presos

*** conteúdo exclusivo do Diário do Brasil | se for reproduzir, copiar e/ou colar, favor citar a fonte ***

Amanda Nunes Brückner | 05/04/2020 | 4:43 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Vários juízes estão ordenando a soltura de presos com o pretexto de ‘evitar a contaminação nas cadeias’.

O ministro Luiz Fux se posicionou contra essa ‘liberação em massa’:

“Os juízes criminais devem ter em mente que o Conselho Nacional de Justiça ‘recomendou’ e não ‘determinou’ a liberação dos presos em regime semiaberto, sob pena de a dose dos remédios recomendados matar a sociedade doente e gerar uma crise sem precedentes na segurança pública nacional.”

O ministro Sérgio Moro também se manifestou:

“A Recomendação 62/CNJ deixa aos juízes a apreciação dos casos de soltura e duvido que o objetivo seja colocar em liberdade ou em domiciliar criminosos perigosos. Juízes deveriam manter presos homicidas, membros de quadrilhas, entre outros.Não há infectados”


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.