Foto de peladões tirada em Brasília é citada no exterior: “País de índios, corruptos e gente que tira a roupa…”


O fotógrafo Kazuo Okubo, que possui mais de 40 anos de experiência com fotografias, decidiu inovar e fazer algo que ele classifica como ‘ARTE’

115 pessoas (entre homens e mulheres) decidiram ficar totalmente pelados para participar de um ato na Praça do Museu da República, em Brasília.

A aberração (isso mesmo … aberração, falta de vergonha na cara, atentado ao pudor, falta de limites, desrespeito à população, etc…) aconteceu na manhã de hoje (2/09).

Chamado de “nu artístico”, o trabalho ocorreu a céu aberto como uma forma de protesto à “caretice e ao conservadorismo da cidade”.

De acordo com a pessoa que organizou e idealizou a foto, a ideia era “contrariar o ambiente retrógrado da cidade opressora”.

Um tabloide de grande circulação no Reino Unido (The Sun) destacou a ‘suposta’ arte e fez um pequeno comentário no rodapé do site:

“Brasil, uma terra de índios, futebol, políticos ladrões e gente que tira a roupa ao invés de ir para a escola. Infelizmente, a doutrina esquerdista dominou um dos países mais promissores do mundo”


publicidade


error: Conteúdo protegido !!