"Fiz e faria tudo de novo. O STF é uma vergonha", diz advogado preso pela PF | Diário do Brasil

“Fiz e faria tudo de novo. O STF é uma vergonha”, diz advogado preso pela PF


No último dia 5, a população brasileira se assustou ao descobrir que Ricardo Lewandowski (ministro do STF) mandou prender um advogado que ‘simplesmente’ expressou sua opinião.

Cristiano Caiado de Acioli, 39 anos, estava sentado (em um voo comercial) próximo ao ministro e gravou um protesto com seu celular [..] ele disse a Lewandowski que tem vergonha do STF.

Em momento algum, o advogado ofendeu o ministro.

O fato aconteceu durante em um voo de São Paulo com destino a Brasília.

Nas imagens, é possível escutar Lewandowski, no alto de seu pedestal supremo, ameaçar o rapaz:

“Vem cá… você quer ser preso?”

Assustado, Cristiano reage:

“Chama a Polícia Federal então.”

Não deu outra!

Assim que o avião pousou, o advogado foi “preso” por um servidor do TSE (a mando de Lewandowski) que sequer era policial e não quis se identificar.

Abalado emocionalmente, Cristiano declarou (ao Movimento Brasil Livre) o seguinte:

 

“Foi um dia muito confuso … fiquei paralisado ao entender que seria preso por ter feito uma manifestação pontual e respeitosa ao Ministro […] quando eles (a PF) entraram na aeronave, apenas me questionaram o que estava ocorrendo [..]eu narrei o fato e, assim que o avião pousou, fui preso por um sujeito que não era policial, mas se fez passar por um.”

Futuras medidas jurídicas contra o ministro:

“A atitude do Lewandowski me ofendeu enquanto ser espiritual, ser humano, cidadão, advogado, brasileiro. O episódio deixou patente a vilipendiação dos direitos mais básicos [..] para a minha pessoa não foi dada nenhuma garantia [..] ninguém deve ser tolhido de seu direito mais puro de se expressar [..] impor o medo à crítica não é característica de uma democracia, é ferramenta de regimes despóticos.”

Questionado se tem medo de sofrer represálias, Cristiano respondeu:

“Minha vida pessoal está vasculhada e minha existência profissional ameaçada […] a estrutura do Estado está sendo usada contra a minha pessoa [..] desde ontem eu sou um inimigo do Estado [..] Faz parte, não existe vitória sem luta. Faria tudo mil vezes e repito, eu tenho vergonha do STF.”


fonte: (MBL news)

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram