Falta de medicamentos mata 1557 venezuelanos em 80 dias

22/02/2019

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Já não é de hoje que estamos alertando … Maduro é um genocida!

(Fonte: jornal La Vanguardia)

Dados divulgados por médicos venezuelanos mostram que mais de 1500 pessoas morreram no país em pouco menos de 80 dias.

A Pesquisa Nacional de Hospitais, realizada desde 2014, registra (toda semana) a rotina de 40 hospitais.

Os dados são preenchidos por médicos que têm sua identidade preservada por temor a represálias por parte do governo tirano de Maduro.

Os números assustadores são esses:

1.557 pacientes morreram por falta de materiais médicos entre os dias 19/11/2018 e 9/02/2019.

Desse total, 756 pacientes sofreram trauma agudo e os outros 801 enfrentavam doenças cardiovasculares, que não foram tratados devido à escassez de recursos nos hospitais.

75% dos hospitais não possuem morfina66% estão sem estoques de medicamentos para hipertensão arterial.

Com relação aos insumos em salas de cirurgia, 60% dos hospitais declararam que estão desabastecidos.

46% não têm analgésicos de pequeno porte e materiais descartáveis. 

Maduro está matando a população de fome e por falta de medicamentos.


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.