Ex-presidente de Chile, que ameaçou denunciar Bolsonaro na ONU, recebeu dinheiro sujo da OAS

Patrícia Moraes Carvalho | 16/09/2019 | 9:19 AM | POLÍTICA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na última semana, a ex-presidente do Chile e atual alta comissária para os Direitos Humanos na ONU, disse que irá denunciar o presidente Jair Bolsonaro no órgão (aliás, órgão esse que não serve para absolutamente nada).

Bolsonaro rasgou o verbo após a ex-presidendar palpites na condução dos Direitos Humanos no Brasil:

“Senhora Michelle Bachelet, se não fosse o pessoal do Pinochet derrotar a esquerda em 73, entre eles seu pai, hoje o Chile seria uma Cuba … Parece que as pessoas que não tem nada para fazer, como Michelle Bachelet, vão para a cadeira de direitos humanos da ONU”, disse o presidente brasileiro.

Toda a mídia pilantra brasileira ficou a favor de Bachelet e Bolsonaro foi atacado por todos os lados.

Pois bem … eis que uma revelação divulgada hoje (16) na delação do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, acabou com a reputação da chilena.

Grandes quantias de dinheiro sujo foram enviadas ao Chile para a campanha eleitoral de Bachelet a mando do ex-presidente Lula.

“O montante endereçado a ex-presidente chilena foi camuflado através de um contrato fictício firmado com a empresa Martelli y Associados.” publicou o Antagonista.

Uma coisa é certa … 90% dessas pessoas que atacam Bolsonaro (incluindo a grande mídia) têm rabo preso e em algum momento a sujeira vai aparecer.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.