“Estou convencido de que ele me gravou” disse Gilmar Mendes sobre Joesley Batista

O ministro do STF disse à Revista Veja que está quase certo de que Joesley Batista o gravou durante um encontro ocorrido em abril deste ano.

Mendes recebeu o empresario na sede de seu Instituto, o IDP, na Capital Federal.

Segundo ele desconfia, a gravação pode ter ocorrido porque Joesley insistiu muito para ter uma conversa privada com o magistrado.

O encontro ocorreu 3 semanas depois que o Sr. Friboi gravou a conversa com Michel Temer.

“Acho que ele gravou a conversa sim […] ele insistiu muito para marcar o encontro … Eles (Joesley Batista e Ricardo Saud) disseram que queriam destruir o Supremo né? disse o ministro à revista.

Mendes ainda destacou que a pauta do encontro foi um processo do agronegócio que seria julgado pelo STF.

Ele confirmou que votou contra os interesses da JBS no tal processo:

“Foi um diálogo absolutamente normal […] não me preocupo com isso.” encerrou Gilmar.

O Sr. Friboi disse hoje (11) à PF que possui diversos áudios comprometedores que estão guardados nos EUA.

É certo que ele irá usar essas ‘armas’ para negociar seu bilhete de saída da prisão.


 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!