Em Curitiba, Lindberg faz lavagem cerebral nos petistas

Lindberg (assim como Gleisi) nos custa mais de R$ 160 mil por mês (cada um)

Ele tinha que estar lá em Brasília trabalhando, mas está brincando de fazer revolução com o dinheiro público.

Come, bebe, fala no celular, dorme em hotel, viaja de avião, etc … tudo às nossas custas!

Esse tipo de parasitismo estatal tem que acabar.

Vamos traçar um paralelo biológico …

Na definição de parasitismo, o organismo parasita (Lindberg) não vive sem o hospedeiro (a União), enquanto que, sem o parasita, o hospedeiro não só sobreviveria como viveria muito melhor, gozando da totalidade de seus nutrientes.

Deu pra entender?

Que ele largue o cargo e vá brincar de Kim Jong-un com seus próprios recursos.

Ahhh … o senador também é investigado pela Lava Jato e corre o risco de perder o foro privilegiado caso não seja reeleito.



 

publicidade

error: Conteúdo protegido !!