Doleiro parte para o ataque: “Temer sabia das propinas e orientou a distribuição de R$ 20 milhões”

Lúcio Funaro declarou – em depoimento à PF – que Michel Temer fez um “pedido” para que uma “comissão” de R$ 20 milhões fosse direcionada para sua campanha à vice-presidência em 2014.

Ainda de acordo com o doleiro, parte desses 20 milhões foi para a campanha de Gabriel Chalita, candidato à prefeitura de SP, em 2012.

Funaro afirmou que Eduardo Cunha lhe disse que:

“Temer sabia de toda a propina negociada nas plataformas da Petrobrás Internacional em contratos com a Odebrecht”.

Dois ministros de Michel Temer também foram citados como beneficiários de repasses ilegais nos contratos Odebrecht/Petrobras: Moreira Franco e Geddel Vieira Lima.

 


 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!