Diretor de cardiologia do Sírio-Libanês admite ter tomado cloroquina

Amanda Nunes Brückner | 08/04/2020 | 12:06 PM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“Independentemente de não ter grandes estudos científicos com essa medicação [hidroxicloroquina], vale a pena o uso sem dúvida nenhuma … eu como profissional não tenho medo de falar isso”

Roberto Kalil Filho, diretor-geral do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, não seguiu o mesmo caminho que o Dr. David Uip, que preferiu não dizer se tomou [ou não] a cloroquina.

À Jovem Pan, Kalil afirmou hoje (8), que teve um quadro grave de saúde devido ao vírus chinês:

“Pela ética médica, não quero influenciar outros tratamentos. É uma responsabilidade muito grande (…) meu estado geral era péssimo, foi discutido com a equipe vários tipos de tratamentos, dentre eles a hidroxicloroquina, e eu aceitei.”

E concluiu:

“Fiz o uso [da hidroxicloroquina], sim. Melhorei só por causa dela? Provavelmente não. Ajudou? Espero que sim. Tomei corticoide, anticoagulante, antibiótico.”



 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.