Dinheiro do tráfico: Doleiro preso pela PF abre o bico e cita 4 Senadores da República


Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, foi preso durante a Operação Efeito Dominó, da PF, e já delatou alguns políticos.

De acordo com o Dr. Biazoli, delegado da PF e coordenador da operação, Ceará atuava na Lava Jato com o doleiro Alberto Youssef.

Ceará foi preso por tempo indeterminado e já abriu o bico!

Os senadores Fernando Collor de Mello, Aécio Neves, Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues já apareceram nas delações.

O teor dessas citações serão revelados nos próximos dias.

Operação Efeito Dominó

Trata-se de uma operação que visa desarticular uma estrutura estabelecida para o tráfico internacional de drogas, comandada por Luiz Carlos da Rocha, o “Cabeça Branca”, um dos maiores traficantes de drogas da América do Sul.

A PF explica que, de um lado havia a necessidade de um grande volume de dinheiro em espécie para pagar propinas para os políticos […] já do outro lado, traficantes possuíam grandes montas em espécie e necessitavam de dólares para efetuar as transações internacionais de cocaína.

Resumindo de maneira fácil:

O dinheiro do tráfico abastecia os políticos corruptos […] simples assim!

Deu pra entender agora de onde vinham as vultuosas quantias de dinheiro (geralmente em grandes malas) que não passavam pelo sistema bancário?


 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!