Dilma dizendo que bebia e trabalhava no Palácio da Alvorada

Viajando com o dinheiro dos pagadores de impostos, Dilma Rousseff continua fazendo seu ‘stand-up comedy’ pelo mundo afora

Como foi que essa figura conseguiu chegar no cargo de maior relevância do país?

A resposta é fácil: Urnas Eletrônicas ‘Venezuelanas’ Smartmatic!

Dessa vez, a ex-presidentA desembarcou em Portugal e o festival de besteiras foi inevitável:

“Outro dia eu recebi uma flor lá em Berlim, porque elas me mandavam sempre flor, era, vamos dizer assim, era manifestação delas, mas tem uma outra muito bonita: foram as mulheres as primeiras a se rebelarem e a ir pras ruas, então os movimentos de mulheres, de mulheres jovens, foram para a rua as mulheres e os jovens, primeiro, o que pra mim foi muito importante”.

Se nós (que somos brasileiros) não conseguimos entender essa senhora, quem dirá os gringos:

“Eu era dita como sendo uma mulher que tinha uma mania, era obsessiva compulsiva por trabalho, tinha, era work-alcoolic e tinha uma mania de fazer todo mundo trabalhar, o homem seria grande empreendedor”.

Traduzindo (mais ou menos) para o português, a expressão work-alcoolic significa algo como trabalho-alcoolizado. 

Ahhh … agora sim dá pra entender todos aqueles discursos indecifráveis dela.

Por quê não avisou antes Dilma? A gente tinha procurado um tratamento pra você.

Melhoras querida!



 

publicidade

error: Conteúdo protegido !!