Delação de Cunha será o “fim do mundo”, diz cientista politico

Amanda Nunes Brückner | 30/03/2019 | 12:00 AM | BRASIL
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Lava Toga de Cunha

O ex-presidente da Câmara continua tentando firmar um acordo de delação premiada com a PF no âmbito da Operação Lava Jato.

Na época de sua prisão, em 2016, Cunha prometeu o seguinte:

“Se ele caísse, seria atirando para todo lado e poderia levar com ele cerca de 150 deputados, além de um ministro e um senador.”

E tem mais …

O site Antagonista informou (há alguns meses) que 14 ministros do STJ, dois ministros do STF, um grupo de frigoríficos (obviamente a JBS), quatro grandes bancos, dois advogados e caciques do PMDB e do PT também fazem parte da delação do ex-deputado.

Cunha prometeu indicar contas bancárias em cinco paraísos fiscais, incluindo Bélgica e Emirados Árabes.

“Pode ser o Fim do Mundo 2”, disse o cientista político da Universidade de Brasília David Fleischer, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo em abril, numa comparação com a delação da Odebrecht.


Leia também:

Cunha para Maia: “Tem um capítulo só seu na minha delação”


 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.