De acordo com jornalista da Globo, traficante com fuzil não representa ameaça | Diário do Brasil

De acordo com jornalista da Globo, traficante com fuzil não representa ameaça

Resumindo o fato que foi amplamente noticiado pela imprensa na data de hoje (30) …

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou em entrevista ao programa Estúdio I, da GloboNews, ter solicitado levantamento de quantos “snipers” – atiradores de elite – existem em unidades especiais das polícias Militar e Civil.

A proposta do governador é simples: abater criminosos que estejam com fuzis.

Eis que surge Maria Beltrão, a jornalista que fala pelos cotovelos e faz a seguinte colocação para Witzel:

“Vamos imaginar o seguinte cenário … um cidadão está com um fuzil, de costas … e existe a possibilidade de um sniper executá-lo sem que ele (o bandido) esteja representando nenhuma ameaça”

Epa, epa, epa!

Como é que alguém que porta um fuzil não representa nenhuma ameaça?

O que será que esse cidadão está fazendo com o fuzil? Acariciando o bichinho? Conversando com ele?

Acessando as redes sociais com o fuzil? Tirando uma selfie?

Pelas barbas do profeta … como é que uma jornalista qualificada fala uma baboseira dessas !?!?

Witzel deu uma ‘coçadinha’ na orelha e respondeu:

“Ele está segurando um fuzil? É uma ameça … imediatamente uma ameaça”



Não foi a primeira gafe da jornalista Maria Beltrão

Ultimamente, assistir a Globo News tem sido um espetáculo de comédia!

A apresentadora do programa Estúdio I (do canal Globo News) estava concentradíssima na cobertura das eleições (2016) quando […] de repente […] uma participação inusitada de um internauta chamou atenção.

Beltrão foi ler a ‘tal’ participação (que foi feita através do twitter)

Confira:



compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP