Curitiba: Gente que não trabalha comemorando o Dia do Trabalho!

O Brasil é um eterno paradoxo […] e o Partido dos Trabalhadores também

(Patrícia Carvalho para o Diário do Brasil)

Em primeiro lugar, PAZ a todos!

No alto da minha ignorância, às vezes me pego pensando sozinha.

Como é que as pessoas conseguem passar dias longe de casa dormindo em barracas?

Longe do conforto da cama, da presença dos familiares, do trabalho, enfim, esses seguidores lunáticos do ex-presidente Lula merecem ser estudados pela NASA!

Eles vivem do quê? Como se alimentam? Como educam seus filhos? Não pagam contas de água, luz, telefone, supermercado, etc … ?

Provavelmente não […] foram iludidas, compradas, enganadas e tapeadas por uma doença transmissível chamada comunismo […] não conhecem outro caminho.

Não pagam impostos, não geram empregos, não investem em nada, não ajudam o país a crescer […] não vivem, apenas sobrevivem.

Mas a culpa não é deles!

Quando se derem conta, verão que a vida já passou e não dá mais para reconstruir outro caminho.

E o maior paradoxo disso tudo é que Curitiba tem (hoje) milhares de pessoas que não trabalham comemorando o Dia do Trabalho.

Comemorando o quê?


 

 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!