Com Gleisi Hoffmann incitando o ódio, petistas falam em "invadir a Havan" | Diário do Brasil

Com Gleisi Hoffmann incitando o ódio, petistas falam em “invadir a Havan”

Com cerca de 15.000 funcionários e um faturamento anual estimado em R$ 5 bilhões, Luciano Hang (dono da empresa Havan) está sendo acusado pela cúpula do PT de ‘fraudar’ as eleições presidenciais e pagar por impulsionamento de conteúdo a favor de Bolsonaro através do WhatssApp.

Depois que a Folha/SP publicou uma matéria vaga dizendo que havia uma espécie de ‘submundo empresarial’ para ajudar o candidato do PSL a se eleger, o PT (de Fernando Haddad) e o PDT (de Ciro Gomes) começaram uma espécie de bombardeio virtual pra cima de Bolsonaro.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT), por exemplo, gravou um vídeo fazendo sérias acusações ao dono da Havan e chegou (inclusive) a pedir sua prisão.

Gleisi, mais uma vez, usa e abusa de sua imunidade parlamentar para espalhar asneiras pela internet e pregar o ódio entre os eleitores brasileiros.

Na gravação, um aloprado chegou a dizer a seguinte frase:

“Vamos invadir a Havan”

Agora, mais do que nunca, a presença de Jair Bolsonaro na Presidência da República é crucial … a palavra invadir tem que ser banida do cotidiano brasileiro [..] quem invade propriedade privada é bandido.

O comportamento irracional e leviano da senadora (baseado na matéria sensacionalista da Folha/SP) pode causar tragédias e ferir trabalhadores inocentes.


confira no vídeo abaixo:


compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP