China exibe exército monstruoso: “Estamos prontos para vencer uma guerra, se necessário, contra os EUA”


(Los Angeles Times) Para marcar o 90 º aniversário do Exército de Libertação Popular, o presidente chinês Xi Jinping  participou de uma exibição impressionante feita pelas forças armadas de seu país – um desfile das tropas, tanques, helicópteros, aviões e mísseis demonstraram o poderio do 3º maior exército do mundo.

O desfile enviou uma mensagem clara e inequívoca: se uma guerra for lançada na península coreana, a China está pronta para proteger seus interesses nacionais. 

Um dos principais pilares do programa da Xi Jinping para “tornar a China excelente de novo” inclui um arsenal militar moderno e totalmente “capaz de lutar e vencer” uma guerra no século 21 – se necessário, contra os Estados Unidos.

Aqueles que duvidam da vontade de agir da China devem rever o que aconteceu em junho de 1950, quando a Coréia do Norte invadiu a Coréia do Sul e teria ganho o controle da península.

A China interveio em favor do norte, com a União Soviética lhes dando apoio logístico e político.

O exército chinês com mais 300.000 soldados entrou na guerra e bateu os EUA e suas forças aliadas […] um regimento inteiro da Divisão de Cavalaria dos EUA perdeu 600 homens em combate corpo a corpo em questão de horas.

“O mundo não é pacífico”, disse Xi Jinping advertindo: “Precisamos, mais do em que qualquer outro período na história, construir as forças armadas de um povo forte”.



 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!