“Chegou a hora, presidente”

Amanda Nunes Brückner | 20/06/2020 | 6:16 PM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Sr. Presidente Bolsonaro,

1) Jamais seria novidade para alguém a relação ‘não patriótica’ (revelada na Revista Crusoé) entre o ministro do STF Dias Tófolli, Lula e Emílio Odebrecht.

2) Não se faz “vistas grossas” a ações tão contraditórias à CF/88.

3) Se o presidente do Senado Federal, desde o início do natimorto Inquérito das “Fake News” (pelo dever de ofício) não repreendeu tanto Dias Tófolli quanto Alexandre de Moraes, informando que daria início aos processos de impeachment dos mesmos, em razão de estarem em atividades não-republicanas (antidemocráticas), então estamos diante de agentes de dois poderes usurpando o poder do Estado em detrimento da democracia.

Este é o mais típico caso exemplar da aplicação de um Decreto da GLO (Garantia da Lei e da Ordem), afastando agentes públicos de poderes constitucionais de forma justa a se preservar as instituições.

A todo momento, sr. presidente, Deus escreve certo por linhas tortas, favorecendo àquele que tanto prometeu desestruturar a esquerda para combater o crime institucionalizado em nossa República.

Ele (o nosso Deus) nos mostra que chegou o momento de agir.

A situação está clara diante de nossos olhos.

Sinceramente, ainda não sei quem são os teus orientadores (aqueles que te cercam para tomadas de decisões), mas pode acreditar, sr. presidente, já sei aonde isto vai chegar.

Eles (que te rodeiam e te conduzem) podem estar arquitetando o teu fim.


(Glauber Barcelos Rocha)

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.