Modesto Carvalhosa: “Não devemos e não podemos reeleger ninguém”


Esse tem autoridade para falar!

Modesto Carvalhosa é advogado, jurista e professor aposentado de Direito Comercial da USP e tem contribuído com projetos de lei relacionados com a reforma das regras sobre contratação pública […] além de ser um exímio especialista em leis anti-corrupção.

Em uma entrevista para o blog do jornalista José Nêumanne Pinto, Carvalhosa falou sobre o crime instalado no país.

 “O crime organizado da corrupção, que tem como instrumento os partidos políticos, construiu um arcabouço de leis em causa própria […] todos bandidos. Não devemos e não podemos reeleger ninguém, absolutamente ninguém.”

Nêumanne – O senhor é o maior especialista em combate à corrupção no País. A sangria será estancada?

Carvalhosa – A Lava Jato é um marco na História do nosso país e tem efeitos disseminadores que transcendem os delitos  do petrolão. O que importa é dissolver as organizações criminosas que se instalaram no poder público e em alguns segmentos do empresariado.  Temos leis boas e a vontade dos integrantes da Lava Jato operando eficazmente, não apenas em Curitiba, mas em Brasília, no Rio e, espero, também em São Paulo e no resto do país.

Nêumanne – Esta geração competente de policiais, procuradores, juízes e desembargadores federais abriu as portas do inferno para os cidadãos de alta renda e chefões políticos? 

Carvalhosa – As gangues de políticos dominam o Congresso há 15 anos junto com o corrupto presidente da República, seus corruptos ministros e também com o que o povo chama de “quadrilhão do STF”, formado para destruir a Lava Jato. Esse “quadrilhão” é hoje a cabeça dessa conspiração contra o povo brasileiro, com suas decisões monocráticas e majoritárias na segunda turma […] praticam prevaricação e de obstrução de justiça […] é o braço armado do crime organizado da corrupção. Cabe aos ilustres e respeitados ministros decentes daquela Corte (a maioria) resistir às investidas obscuras de seus colegas do quadrilhão, que estão cada vez mais ousados na defesa e liberação dos bandidos da classe política.


 

compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!