• busca por palavra (s)
  • CARTA DO POVO BRASILEIRO: “O cidadão está farto de sustentar a máquina pública”


    CARTA DO POVO BRASILEIRO

    Caros Deputados Federais, Senadores e senhor Presidente da República

    A democracia brasileira está acabando. A República está em risco.

    O brasileiro está farto de sustentar vocês.

    O povo cansou do desrespeito e da incompetência de alguns políticos e governantes brasileiros e exige mudanças imediatas!


    Movimentos signatários:

    Avança Brasil – Mudança Já /Basta Brasil / Brava Gente Brasileira / Chega de Impostos / Diferença Brasil / Eu Amo o Brasil / Instituto Democracia e Ética / Movimento 31 de Julho / Movimento Acorde / Movimento Brasil Contra a Corrupção / Movimento Cariocas Direitos / Movimento Cidadania Brasil / Movimento Fora Dilma / Movimento Jovens Transformadores / Movimento Guarulhos Livre / Movimento Muda Brasil / Movimento Pró Brasil / Movimento Quero Me Defender / Movimento Voz do Brasil / Muda Brasil / Nação Digital / Nas Ruas / Organização de Combate à Corrupção / Pátria Livre / Reage Brasil / Vem Pra Rua


    AS RAZÕES

    O quadro de corrupção é assustador – A corrupção é histórica, sim, e nem por isso admissível.

    Há 12 anos, porém, ela se tornou sistêmica e se institucionalizou na máquina pública em níveis sem precedência, como nunca antes visto ‘neste país’.

    Sucessivos escândalos nos órgãos e empresas públicas vêm à tona e envergonham a nação.

    Nós, cidadãos brasileiros, vivemos uma sensação de desesperança. A justiça não consegue cumprir seu papel de forma neutra e sem interferências de outros Poderes.

    O Executivo tenta proteger suas bases de apoio político, interfere no livre andamento das investigações que deveriam ser conduzidas imparcialmente pelo Judiciário.

    A corrupção junto com a impunidade impede o Brasil de se tornar um país desenvolvido.

    O povo brasileiro, cansado e indignado, quer dar um BASTA nisso.


    Pagamos impostos a fundo perdido. Impostos que não voltam à sociedade na forma de serviços básicos de qualidade.

    Tributos, que deveriam servir aos interesses e necessidades do povo, principalmente dos mais carentes e necessitados, são desviados, via corrupção, para enriquecimento próprio, para o populismo, para a conquista e manutenção de poder.

    O governo está sem rumo. O povo brasileiro, farto e escorraçado, quer dar um BASTA nisso.


    PROPOSTAS CONCRETAS

    Atendendo a urgência que o momento exige, viemos, neste instante, apresentar ao Congresso Nacional a primeira pauta de reivindicações da agenda construtiva para um novo Brasil:

    Enfrentamento real da corrupção através do fim da impunidade:

    a) aprovar, prioritariamente, as 10 medidas de combate à corrupção apresentadas pelo MPF;

    b) submeter os acordos de leniência à anuência do Ministério Público;

    c) apoiar incondicionalmente o Juiz Sergio Moro, o Ministério Público Federal, e a Polícia Federal nas investigações da Operação Lava Jato;

    d) agravar as penas para corrupção, aprovando-se o projeto de lei 915, que cria o crime de Lesa Pátria;

    e) fortalecer a Polícia Federal para combater a corrupção;

    f) indicar servidores concursados, de carreira, idôneos, com amplo reconhecimento e competência comprovada, para os cargos do STF, STJ, TCU, STM, MPF e TSE, com prazo de mandato definido e com posterior quarentena;

    g) Senado exercer papel de controle efetivo da capacidade dos indicados acima, por meio de sabatina, com critérios objetivos de imparcialidade, convidando técnicos da OAB, CNJ e MPF para compor o grupo avaliador;

    h) Implementar eleições diretas por entidades representativas para escolha dos Procuradores-Gerais, com o fim de listas tríplices e escolhas arbitrárias pelo chefe do Executivo;

    g) afastar os ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes (do STF e TSE) por não atenderem ao critério de imparcialidade;

    Ajustes no processo político eleitoral

    a) Maior justiça, legitimidade e representatividade nas eleições pela implantação do Voto Distrital;

    b) Eleições com registro eletrônico e impresso do voto, auditáveis por empresa idônea e partidos;

    c) revisão do financiamento público de campanhas. O Estado não suporta mais patrocinar a atual farra eleitoral;

    d) Mandato único – Fim de reeleição para todos os cargos executivos.


    O POVO QUER AÇÕES, NÃO PROMESSAS!

    *** leia a íntegra da Carta do povo brasileiro ***

    publicidade



    error: Conteúdo protegido !!