Brumadinho: Hipótese de sabotagem não pode ser descartada

Patrícia Moraes Carvalho | 28/01/2019 | 9:23 AM | DESTAQUES DB
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O crime ocorrido em Brumadinho na última sexta-feira (25) tem motivado, por parte da grande mídia e da administração da Vale, uma narrativa de desastre ambiental.

O rompimento da barragem não pode ser classificado como uma simples “ocorrência da natureza“ e sim como um crime doloso (ou culposo) que destruiu vidas humanas (além dos animais) e todo o ecossistema da região.

Lideranças e jornalistas de esquerda aproveitam-se da tragédia (digo, do crime) para criar uma guerra política contra as diretrizes da nova política ambiental do Governo Bolsonaro, que ainda nem foi implementada.

Engenharia brasileira de barragens está entre as melhores do mundo

A hipótese de uma ação de sabotagem ou até mesmo de terrorismo não pode ser descartada.

Existem várias razões técnicas e de gerenciamento de riscos que corroboram essa possibilidade.

Segundo engenheiros especializados, a barragem da Mina de Feijão era considerada segura e não estava em operação […] não houve chuvas no período recente que pudessem acarretar um aumento no volume de dejetos, o que ocasionaria uma maior pressão sobre a estrutura.

Também não foram registrados abalos sísmicos na região.

As instalações onde ficavam os funcionários e toda a equipe de engenheiros, incluindo o refeitório da empresa, ficavam em um nível abaixo da barragem … o que indica que não havia receio de rompimento por parte da empresa e obviamente por parte dos funcionários, incluindo engenheiros e geólogos.

Uma lista divulgada pela imprensa mostra que a barragem de Brumadinho não estava entre as 45 barragens que apresentam variados graus de risco.

Hipótese de sabotagem não pode ser descartada

Não se trata de uma acusação e sim de uma suposição que poderá ou não ser corroborada pelas autoridades.

A perícia independente e as investigações da Polícia Federal darão a palavra final.

Por ora, entendemos que cabe aos veículos de comunicação colocar todas as cartas na mesa e não se limitarem a endossar o repertório da esquerda sobre o episódio, rotulando um crime doloso (ou culposo) como “desastre ambiental”.


(via República de Curitiba)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.