“Arruaças e seminários abjetos em universidades federais estão sendo custeados pelo povo”

Guilherme Santiago | 10/04/2019 | 1:40 PM | GOVERNO
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ministro Abraham, da Educação, dando aula numa entrevista ao Estadão:

“Não existe ensino público gratuito. Quem custeia é o pagador de imposto. Temos de olhar como relação cliente e fornecedor de serviço.

“O meu cliente é a população, o cidadão pagador de imposto.”

“Quem paga as universidades federais são os pagadores de impostos. Nós todos morando no Brasil.”

“Quando vão na universidade federal fazer festa, arruaça, não ter aula ou fazer seminários absurdos e abjetos que agregam nada à sociedade é dinheiro suado que está sendo desperdiçado num país com 60 mil homicídios por ano e mil carências. Não é criminoso, mas é muito errado.”


 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.