Após torrar R$ 4 bilhões em emendas, governo Temer anuncia corte de R$ 400 milhões na Polícia Federal

Denunciado por corrupção e aprovado por apenas 5% dos brasileiros, Michel Temer abriu os cofres públicos e torrou R$ 4,2 bilhões em emendas […] somente no mês de junho

A bondade de Temer terá um preço para os deputados: votar a favor do arquivamento da denúncia do MPF.

Bem … partindo da premissa que o presidente da República gastou mais de 4 bilhões para comprar parlamentares, teríamos que ter dinheiro para setores fundamentais como a Polícia Federal.

JOÃO SEM BRAÇO

Torquato Jardim, ministro recém nomeado por Temer para ‘estancar a sangria’, afirmou publicamente que a Polícia Federal não terá dinheiro suficiente para realizar as operações necessárias durante o segundo semestre deste ano.

O ministro disse que a PF terá que selecionar as operações prioritárias.

“Tenho que ser honesto […] o corte poderá implicar em processos seletivos de ações ou a não realização de todas as operações” , afirmou o Torquato.

A Polícia Federal já havia informado anteriormente que, sem recursos para terminar o ano de 2017, o número de ações poderia ser afetado, incluindo a Operação a Lava Jato.

O contingenciamento (limitação) à PF foi de R$ 400 milhões.


 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!