Ex-petista confirma: Lula e Dilma deram um prejuízo de meio trilhão para a Petrobras

Segundo o jornal Estadão, um laudo pericial feito pela Polícia Federal apontou que os pagamentos indevidos feitos pela Petrobrás (período 2004 a 2014) para 27 empresas alvos da Lava Jato podem atingir a cifra dos R$ 42 bilhões.

Valor de mercado

Em maio de 2008, durante o governo Lula, a estatal chegou a ser avaliada em R$ 510,3 bilhões, de acordo com o levantamento da Economática.

Já em janeiro de 2016, gestão Dilma Rousseff, a petroleira passou a valer R$ 73,7 bilhões […] uma queda de 85,55% no valor de mercado. (- R$ 436,6 bi)

Somente nessas brincadeiras acima, a Petrobras perdeu quase meio trilhão de reais! E ainda teremos a delação de Palocci pela frente.

A cara de pau de Gleisi, Lindberg, Jaques Wagner, Lula & cia é de dar nojo!

A senadora ré da Lava-Jato foi visitar o preso (que ela chama de ‘presidente’) junto com o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (acusado de ter recebido R$ 82 milhões em propina e doações).

Gleisi disse que Lula é grande demais para estar preso e que o petista está preocupado com o Brasil, principalmente com o desemprego e com a economia.

Essa senhora é muito cínica!

Grande demais era a Petrobras e não o Lula!

Com relação ao desemprego, vale lembrar que, quando Dilma Rousseff (a ex-guerrilheira) deixou o governo, cerca de 13,5 milhões de pessoas estavam sem trabalho formal.

Hoffmann também disse que Lula está motivado a ser candidato à presidência:

“Ele acha que pode voltar a reconstruir esse país” disse.

Definitivamente, esse senhor enlouqueceu de vez […] ele ainda tem outros 6 processos para ser condenado.

E tem mais […] quando a delação de Palocci for homologada, mais bombas cairão na cabeça do presidiário.


Ex-petista confirma: Lula e Dilma fizeram a Petrobras perder 90% do valor de mercado

Em entrevista para o programa Canal Livre, da TV Bandeirantes, o empresário Lawrence Pih, o primeiro capitalista a apoiar o PT na década de 80, abre o jogo e relata o que a gestão petista fez com a estatal.

Lawrence rompeu com o Partido dos Trabalhadores (em 2008) por divergências ideológicas.

Ouça atentamente o que ele diz:



 

 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!