Após pedido desesperado de Pezão, Temer decreta intervenção militar no Rio de Janeiro

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, declarou que perdeu o controle da situação no estado

Pezão foi chamado às pressas na noite de ontem (16) para um encontro com o presidente Temer, no Palácio do Jaburu.

Michel Temer decretou intervenção federal na segurança pública do Rio e todas as forças de segurança estarão sob o comando do exército.

O general Braga Netto, chefe do Comando Militar do Leste, passa a comandar também as polícias Militar e Civil e tem carta branca para fazer o que for conveniente para conter o crime organizado no Rio.

Por consequência do decreto presidencial, os trabalhos da Câmara dos Deputados  ficarão praticamente parados, já que o art. 60 da Constituição Federal diz que : “enquanto o decreto de intervenção estiver em vigor, o Congresso Nacional não poderá aprovar qualquer mudança na Constituição.”

Bye bye para a Reforma da Previdência!

Temer agiu certo […] o Rio de Janeiro deve voltar para as mãos do Estado.

No último dia 31, o Ministro da Defesa Raul Jungmann disse que sistema de segurança no país está “falido” e declarou que o exército é treinado para destruir.

Então que destruam os bandidos e devolvam o RJ para a população de bem.


 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!