Após morte de colega, delegado da PF desabafa: “Meu projeto que acaba com as ‘saidinhas’ está parado no Congresso”


Nós, cidadãos de bem, temos que ajudar a divulgar o projeto deste parlamentar

O deputado (e delegado da PF) Fernando Francischini tem sido um crítico contumaz ao sistema penal brasileiro […] e com toda razão.

Cidadãos de bem não aguentam mais perder amigos, parentes, colegas de trabalho, enfim, são mais de 60 mil assassinatos por ano.

O Brasil virou um parque de diversões para vagabundos […] tudo isso graças à ideologia petista instalada ao longo dos anos.

Após a morte de um colega, também delegado da PF, assassinado friamente na manhã de hoje, Francischini fez um desabafo nas redes sociais:

“Mais um cidadão brasileiro executado num latrocínio […] um delegado da PF foi assassinado por um bandido que estava na saidinha do Dia das Mães […] meu projeto que acaba com essa desgraça de ‘saidinha’ continua parado no Congresso Nacional […] vou divulgar o nome dos deputados para darmos andamento neste projeto […] precisarei do apoio de todos vocês”



compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
whatsapp
publicidade


  • error: Conteúdo protegido !!