General manda recado para STF: “Abaixaram as calças para o Congresso!”

Com o voto de minerva da presidente Cármen Lúcia, o Supremo Tribunal Federal decidiu (no último dia 12), por 6 votos a 5, que o afastamento de parlamentares por meio de decisões cautelares da Suprema Corte não pode ser feito sem aval do Congresso.

Na prática, o STF se colocou abaixo do Congresso!

Trocando em miúdos: Políticos corruptos continuarão protegendo outros políticos corruptos e a impunidade continuará reinando no Brasil.

No início da votação, o ministro Edson Fachin chegou a alertar:

“Congresso revisar uma decisão do STF é uma ofensa ao postulado republicano e uma ofensa à independência do Poder Judiciário”

Votaram a favor desse entendimento os ministros Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia.

O RECADO DO GENERAL

Paulo Chagas, General de Brigada da reserva do Exército Brasileiro, fez questão de deixar seu recado nas redes sociais:

(postado ontem às 22 hs) 

“O STF acaba de abaixar as calças para o Congresso! O processo de impunidade passa, em definitivo, ao controle da quadrilha!”

Pouco antes de mandar essa mensagem, o General tinha deixado outro recado em seu facebook:

“Definitivamente, o melhor refúgio para os corruptos e estelionatários brasileiros é o Congresso Nacional !”

Vale ressaltar que, na data de hoje (12), Paulo Chagas se reuniu com outros 3 generais do exército para um almoço onde (provavelmente) discutiram a situação pela qual passa o país.

Tomara que, em outros rincões do Brasil, mais comandantes das Forças Armadas estejam se reunindo para tomar alguma atitude.

O país não pode esperar mais!

Ontem, dia 15 de Outubro, o general deu mais uma ‘alfinetada’ pelo facebook:

 


leia também:

Filha de ex-ministro do STF alertou: “Cármen Lúcia será a coveira da Suprema Corte”


 

publicidade


error: Conteúdo protegido !!