Amanda Nunes:”Se o velório virou comício, o que virá na missa de 7º dia? Um show de Tico Santa Cruz?”

06/02/2017

No último sábado (04) publicamos uma matéria da jornalista Patrícia Carvalho destacando os méritos de Marisa Letícia

(Amanda Nunes Brückner para o Diário do Brasil)

Patrícia destacava que:

“Marisa foi trabalhadora, digna, responsável, mãe, esposa […] já Lula não passa de um oportunista que se finge de sonso. O que não podemos fazer é cometer o erro grotesco de transferir os méritos e a história de luta de Dona Marisa para o senhor Luíz Inácio.”

Pois bem […] o país inteiro viu o que aconteceu no último fim de semana.

Lula montou um palanque político dentro de um velório.

Esse cidadão não pensa em ninguém além dele próprio […] a ganância pelo poder beira o limite do inimaginável.

Durante o velório, o petista teve a desfaçatez de falar em “Operação Lava-Jato” […]

Pessoas normais ficariam quietas, fariam orações, desejariam um momento de privacidade com os familiares, invocariam palavras como ‘Deus’ , ‘descanse em paz’, ‘sentiremos saudades’, ‘que o Senhor te guie’, etc…

Já o cidadão acima citado fez questão de pegar um microfone e ‘vomitar’ palavras como:

‘Lava-Jato’, ‘perseguição’, ‘justiça’, ‘condenado’, ‘nunca antes neste país’, etc…

A questão em si não é gerar ódio nem tão pouco denegrir a imagem da ex-primeira dama.

O fato é que Lula não está ‘batendo bem dos pinos’.

Se ele conseguiu transformar o velório num palanque, o que podemos esperar da missa de sétimo dia?

Um ‘showmício’ com a presença de Tico Santa Cruz e Chico Buarque?

 

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram