Álvaro Dias: “Mega-sena é fraude e lavagem de dinheiro. Isso tem que ser investigado”

O senador tucano Alvaro Dias continua inconformado e disse que cobrará explicações da Caixa Econômica Federal sobre o sorteio do concurso 1764 da Mega-Sena realizado na cidade paulista de Cândido Mota, e que pagou em jogo o maior prêmio da história.

O sortudo que acertou as seis dezenas sozinho R$ 200 milhões.

De acordo com o senador, a Caixa Federal informou que ninguém acertou as 6 dezenas e o prêmio estaria acumulado para o próximo sábado.

O sorteio já tinha acumulado durante dez sorteios.

Após o anúncio da Caixa – feita através do site oficial – dizendo que ninguém havia acertado o prêmio milionário, a entidade voltou atrás e anunciou que um único apostador levou o prêmio de mais de R$ 205 milhões, um “suposto” morador de Brasília (DF).

Em nota, o senador disse que “cobrará explicações formais e imediatas” da Caixa e afirmou que o “desencontro de informações alimenta especulações de irregularidades, que devem ser passadas a limpo urgentemente”.

Não é a primeira vez que o senador faz uma denúncia de manipulação de resultados, fraudes e lavagem de dinheiro envolvendo as loterias da Caixa. Ele também apresentou projeto de lei que inibe fraudes e lavagem de dinheiro com prêmios de loterias.


 leia também:

Em 2013, um internauta antecipou o resultado da Mega Sena


Em um intervalo de 60 dias, a mesma lotérica em Brasília pagou 2 prêmios milionários da mega-sena


 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!