Advogado de Lula bate boca com Sérgio Moro durante depoimento de FHC

Moro perguntou para FHC se ele já foi favorecido (com alguma reforma) por parte de alguma empreiteira

FHC respondeu que a “única coisa” que ele teria que reformar era a própria “cabeça”.

O ex-presidente depôs por videoconferência, na sede da Justiça Federal em São Paulo, como testemunha de defesa de Lula na ação do sítio em Atibaia (SP).

” … jamais, nada disso, nem por fora, nem participar em nenhum momento de reforma. Na verdade, não tem muita coisa que reformar, só minha cabeça mesmo”, brincou FHC.

Moro explicou que a pergunta foi feita porque a própria defesa de Lula (do qual FHC foi testemunha) colocou a questão em evidência.

“Desculpe até perguntar esse tipo de situação, mas já que foi colocado pela defesa [de Lula]”, disse o juiz.

Cristiano Zanin Martins, como sempre, interrompeu o juiz:

“Só para repor a propriedade excelência, a defesa não fez nenhum tipo de afirmação de reforma ou valores por fora. Não é uma solicitação da defesa. Gostaria de registrar”.

Moro respondeu:

“Não estou dizendo que a defesa afirmou isso, estou dizendo que tem um contexto então vamos perguntar isso nesse contexto”.

Zanin insistiu:

“Não, eu não coloquei dessa forma”.

FHC não se conteve e riu diante do bate-boca entre Zanin e Moro.


leia também:

FHC também foi agraciado com gentileza de empreiteira. Ele recebeu um aeroporto para uso pessoal


compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade