Acusada de ‘promover fake news’, deputada desmascara a grande mídia

Amanda Nunes Brückner | 30/03/2020 | 3:21 PM | MÍDIA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um caso estranho sobre a morte de um borracheiro tem circulado nos últimos dias nas redes sociais.

Resumindo a história (ou estória?!?):

O profissional Reginaldo Jacinto da Silva faleceu no dia 23/03 em decorrência da gripe Influenza, H1N1 (comprovado através de laudo – vídeo abaixo ), entretanto, em seu atestado de óbito constou como causa mortis “Sindrome Respiratória Grave, Covid-19”.

A deputada Bia Kicis comprovou a veracidade dos fatos e postou uma declaração em suas redes sociais.

Os portais UOL-Folha e a Revista Veja fizeram um grande estardalhaço denunciando a deputada como disseminadora de fake news.

Ou seja, a história é verdadeira, a morte do borracheiro não foi causada pelo Coronavírus, conforme se pode constatar no vídeo:



 

 

compartilhe esse post:
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
Instagram
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.