Absurdo: Sarney luta na justiça para manter aposentadoria de R$ 73 mil

fonte das informações: site Congresso em Foco


Enquanto o país afunda nas mãos dos caciques da política (PT, PSDB, PMDB, etc…), o ex-presidente José Ribamar Ferreira de Araújo Costa (também conhecido como José Sarney), luta na Justiça para manter sua tripla aposentadoria.

É isso mesmo que você leu … TRIPLA APOSENTADORIA!

A renda de Sarney, valor representa mais que o dobro do teto constitucional (R$ 33.700,00) para o servidor público no país, lhe garante uma aposentadoria de R$ 73 mil por mês.

Sarney já foi condenado pela Justiça Federal do DF a devolver aos cofres públicos tudo que recebeu acima do teto constitucional desde 2005, porém tenta ‘lutar’ juridicamente para manter suas regalias.

Aos 87 anos, o político maranhense acumula uma pensão de R$ 30.471,11 como ex-governador de seu estado, outra de R$ 29.036,18 como ex-senador e uma terceira de R$ 14.278,69 como servidor aposentado do Tribunal de Justiça do Maranhão, totalizando R$ 73.785,98.


fonte imagem: Congresso em Foco


fonte imagem: Congresso em Foco


fonte imagem: Congresso em Foco


 

A DEFESA

A defesa do ex-presidente alega que os proventos recebidos da inatividade não podem ser alcançados pelo teto previsto na Constituição, visto que os pagamentos são feitos por entes federativos diferentes, o que não configura um “extrapolamento do teto constitucional”.

LAVA-JATO

Desde fevereiro de 2017, Sarney é investigado na Operação Lava Jato por tentativa de obstrução da justiça junto com os senadores Romero Jucá (PMDB-RR) , Renan Calheiros (PMDB-AL) e o ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado.

Os quatro são acusados de formação de organização criminosa, conforme delação premiada feita pelo próprio Sérgio Machado, que gravou várias conversas com os políticos.


 

publicidade

  • error: Conteúdo protegido !!