• busca por palavra (s)
  • A melhor entrevista de 2015: ” Alguém que se expressa como a Dilma, denota uma certa confusão mental”

    Em entrevista à rede Gaúcha RBS, ele demonstrou toda sua insatisfação com o PT e, principalmente, com o que ele chama de incompetência de Dilma à frente do Governo.

    Nelson Motta é jornalista, produtor musical, escritor e compositor (Trechos da entrevista) / por Patrícia Carvalho

    Sobre Lula

    “Lula começou muito bem, manteve a economia, porém , a partir do mensalão e do segundo mandato, começou a piorar. Dilma foi o desastre completo, um dilúvio. Não há salvação. Me decepcionei”.

    Motta faz uma abordagem sobre as falas improvisadas da atual presidente:

    “Superou qualquer expectativa. Não fala coisa com coisa. Uma pessoa que se expressa daquela forma, denota uma confusão mental”. A fala é reflexo da forma de pensar. Se a Dilma pensa como ela fala, estamos liquidados. Imagine só de a Dilma fizer delação premiada. A Polícia Federal não vai compreender nada’”.

    E Motta não para por aí …

    Assim como FHC diz, ela é honesta, mas incompetente. Não tem a menor vocação para política, foi devorada pelos políticos em volta dela.

    Acha que manda muito, que é ‘gerentona’, que faz e acontece. Ela é apenas a faxineira. Está sendo manipulada, fazendo besteiras em cima de besteiras.

    Tudo que faz, parece improvisação, tapando buracos”.

    Sobre o PT

    “Hoje PT não é nada mais. No início do Governo Lula, vi que estávamos na mão de fanáticos. Não que o PMDB ou o PSDB sejam melhores que isso. É tudo uma porcariada”.

    Impeachment

    E o cenário seria melhor com a retirada de Dilma, com um possível impeachment? “A perspectiva sem Dilma é péssima também. Eu não sei o que é pior, sinceramente, mais três anos de Dilma ou a convulsão de um impeachment”.


     

    publicidade


    error: Conteúdo protegido !!