(2005) Enéas derruba tese do ‘desarmamento’ e elogia Jair Bolsonaro


Em 2005, o dr. Enéas citou o crescente aumento do número de homicídios daquela época e disse apenas 5% da população tinha acesso à armas de fogo

No Brasil, o Estatuto do Desarmamento é uma lei federal que entrou em vigor no dia seguinte à sanção do então presidente Lula, no dia 23 de dezembro de 2003.

“Olhe para os Estados Unidos, 48% das pessoas têm armas “, disse Eneas, fazendo alusão à “armada” população norte-americana.

O deputado explicitou que era uma “enorme besteira” desarmar a população brasileira, que devia ter o direito constitucional de se defender, o que seria violado,

Assista o vídeo e saiba mais sobre o posicionamento de Enéas, que elogiou Bolsonaro em 2005:



compartilhe esse post:
RSS
Follow by Email
Facebook
Google+
Twitter
WHATSAPP
publicidade