Você acha que o Jô é petista? Se enganou! Veja a porretada que ele deu em Lula e Dilma

jo060816

O advogado de Luíz Inácio Lula da Silva, o doutor Cristiano Zanin Martins, enviou uma carta ao programa do Jô achando que o apresentador iria defender o ex-presidente e acabou caindo do cavalo

No último dia 02/08, o programa transmitiu uma entrevista com Deltan Martinazzo Dallagnol, procurador do Ministério Público e coordenador da Força-Tarefa da Operação Lava-Jato.

publicidade

O que o Brasil pode ver foi um jovem procurador sério, responsável e totalmente focado em seus trabalhos. Detalhe: SEM RABO PRESO COM NINGUÉM!

A entrevista repercutiu no país inteiro e o advogado de Lula não gostou do que assistiu na telinha do plim-plim.

Cristiano Zanin então enviou uma carta ao programa do Jô (achando que Jô Soares iria petralhar, ou seja, defender Lula) com os seguintes dizeres:

O ADVOGADO

Sobre a conversa ‘criminosa’ grampeada entre Dilma e Lula, o advogado argumentou que a divulgação dessa conversa viola as garantias fundamentais previstas na Constituição Federal.

Ele disse também que a lei configura como crime a divulgação de conversas grampeadas que não deixam margens de interpretação.

Para finalizar o email, o Dr. Zanin afirmou que a única acusação contra Lula está baseada na delação premiada de uma pessoa sem credibilidade (se referindo ao ex-senador Delcídio Amaral) que negociou a liberdade com o MPF em troca de acusar o ex-presidente.

A PORRETADA DE JÔ

Eu só quero acrescentar que essa pessoa referida, que vocês dizem que não tem credibilidade […] porque é que ele passou tanto tempo como líder do governo, inclusive na época com muita credibilidade, e agora não tem mais?

Outra coisa: Qual o problema em divulgar uma conversa entre Lula e Dilma? Tudo foi feito a favor do Brasil […] e tudo que for feito a favor do Brasil (que possa se informar o povo) é de interesse nacional sim … independente da Lei.

 

publicidade