Valeu Dilma! Indústria automotiva interrompe 50% da produção no país e contamina outros ramos

revesautomotivo

A indústria automotiva está nocauteada. Vive seu pior momento dos últimos 25 anos e está com metade da linha de produção parada.

A indústria automotiva não sofria revés tão forte desde 1990.

As montadoras têm capacidade para produzir até 5 milhões de veículos por ano. A situação deve piorar ainda mais durante esse ano.

publicidade

2016 será o quarto ano seguido de queda nas vendas e o uso da capacidade deve ficar abaixo de 50%.

Em 1999, quando o real desvalorizou 53% devido a choques externos, a indústria não operou em nível tão baixo quanto estamos vendo agora.

O recuo no setor automotivo contaminou outros ramos, que estão usando em média 60% de capacidade: os setores de máquinas e equipamentos (58%), metalurgia (60%), produtos de metal (54%). As informações são do Iedi (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial).

A cadeia do automóvel corresponde a 23% do PIB industrial e 5% da economia.

“São setores diretamente relacionados à indústria automotiva que lideram a queda, associada à crise do investimento. Esses setores estão muito ociosos porque o resto da indústria não está investindo”, disse Rafael Cagnin, economista do Iedi.

publicidade