URGENTE: Juiz Sérgio Moro envia depoimento de delator para ação que pede cassação de Dilma no TSE

08/12/2015

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Brasília (DF) – A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que corre no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a cassação do mandato da presidente Dilma Rousseff e do vice, Michel Temer, acaba de receber depoimentos prestados pelo dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa. Os documentos foram enviados pelo juiz Sérgio Moro, que conduz as investigações da Operação Lava Jato em Curitiba.

As informações são de reportagem desta segunda-feira (7/12) do jornal O Globo. Em delação premiada, Pessoa afirmou ter sido orientado pelo então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, a doar R$ 20 milhões para a campanha de Dilma Rousseff à reeleição em 2014. Vaccari teria orientado o empresário a procurar o então tesoureiro da campanha petista, Edinho Silva, atual ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Segundo ele, Edinho pediu R$ 10 milhões em doações e lembrou ao empreiteiro a existência dos contratos da UTC com a Petrobras. “O declarante entendeu que, se não houvesse mais governo do PT, o declarante não teria o mesmo volume de contratos”, registrou a delação.

De acordo com a publicação, a ação em questão, de autoria do PSDB, é uma das quatro que tramitam no TSE pedindo a cassação da chapa de Dilma Rousseff nas eleições presidenciais de 2014. O material foi enviado ao tribunal a pedido da relatora do processo, a ministra Maria Thereza de Assis Moura. As defesas de Dilma e Temer têm três dias para se manifestarem.

O prazo é o mesmo que o Ministério Público Eleitoral terá para se manifestar sobre o caso. O processo, então, deverá retornar às mãos da ministra-relatora, que vai elaborar um voto determinando ou não a cassação da presidente. O voto será submetido ao plenário do TSE, composto de sete ministros.

publicidade
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.