China e Rússia enviam navios para acompanhar o USS Carl Vinson

A China e a Rússia enviaram navios de espionagem para acompanhar o grupo de porta-aviões dos EUA em direção
às águas norte-coreanas, informou a mídia japonesa.

Pequim pediu ajuda a Moscou para tentar evitar uma crise de proporções mundiais.

Ainda não se sabe se os navios de Vladmir Putin e Xi Jinping foram enviados como aliados de Donald Trump ou simplesmente para monitorar as ações norte-americanas.

Na última semana, o presidente Trump enviou um grupo da marinha liderado pelo porta-aviões Carl Vinson para a região, dando um último aviso para Pyongyang:

“Nossa força militar está mais forte que nunca. Sinceramente, não temos escolha” tuitou Trump.

O jornal Japan News , citando “várias fontes do governo japonês”, disse que a China e a Rússia “despacharam navios de inteligência de suas marinhas para perseguir o USS Carl Vinson”.

Segundo a matéria, “os navios estão reforçando as atividades de alerta e vigilância nas águas e no espaço aéreo ao redor da área”.

Especialistas na Ásia acreditam que Donald Trump tem pouco espaço de manobra sobre a Coréia do Norte, devido ao alto poderio militar que o regime de Kim Jong-un tem à sua disposição.


 

publicidade