União Europeia, maior consumidor mundial da carne brasileira, poderá boicotar importações do Brasil

A U.E. entrou em contato com o Ministério da Agricultura para agendar uma reunião de emergência

O Brasil é responsável por 45% da carne bovina importada pelo bloco europeu

A informação foi confirmada pelo titular da pasta, ministro Blairo Maggi.

De acordo com uma entrevista cedida à Rádio CBN, Maggi já conversou com diretores do grupo BRF, gigante do setor de carnes envolvido no escândalo divulgado ontem (18) pela PF.

Com relação ao grupo JBS,  o ministro disse que ainda não teve contato com representantes da empresa:

“A BRF se mostrou muito mais preocupada, não apenas com o nome da empresa mas também com os negócios no exterior” disse.

Blaggi relatou que não sabe quais serão as consequências do escândalo:

“É lamentável o que aconteceu” encerrou.

A ganância pelo dinheiro deixará marcas profundas na economia brasileira e afetará diretamente os trabalhadores dos setores frigoríficos.

Mais uma vez, empresários corruptores e funcionários públicos corruptos (provavelmente acobertados por políticos) serão os grandes responsáveis pelo futuro sinistro que nos aguarda.

publicidade


error: Conteúdo protegido !!