Turquia não se desculpa por ter abatido avião Russo: “Se a violação acontecer de novo, derrubamos novamente”

RussianTurkey

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, em entrevista à emissora americana CNN, disse que a Turquia não irá se desculpar por ter derrubado um avião russo na última terça-feira (24).

” Se há uma parte que deve pedir desculpas, não somos nós”,  disse o presidente.

publicidade

O exército turco abateu o caça Su-24 após alegar invasão do espaço aéreo nacional turco, na fronteira com a Síria, e não obteve respostas aos dez avisos enviados pelos militares.

O governo da Turquia chegou a divulgar uma gravação registrando as advertências feitas ao pilotos. A Rússia afirma que o jato permaneceu o tempo todo em território sírio e nenhum aviso chegou à sua tripulação.

 

Os dois pilotos do avião russo conseguiram se ejetar no momento da queda do jato. Um deles foi resgatado e acredita-se que o outro foi morto por tiros disparados do chão.

Vladimir Putin, presidente da Rússia, afirmou que a ação da Turquia foi uma “punhalada nas costas”que traria “graves consequências para as relações” entre os dois países

O presidente turco ainda finalizou : “Se a mesma violação ocorrer novamente hoje, a Turquia terá de responder uma vez mais da mesma maneira.”

publicidade