Tognolli: Odebrecht vai dar tiro pra todo lado e fulminar a política nacional. Brasília já era!

De acordo com Tognolli, Marcelo Odebrecht vai ‘fulminar’ o cenário político nacional

A análise do jornalista é bem interessante.

Ele relembra o caso do celular de Marcelo Odebrecht que foi apreendido pela PF em 2015.

Uma das mensagens obtidas no aparelho fazia um questionamento:

“tática Noboa de eu me expor? Nosso risco eh a prisao”.

Tognolli explica que a tal “tática Noboa” era uma referência ao ex-presidente do Equador (Gustavo Noboa) que fugiu do seu país em 2003 após ser acusado de corrupção.

Na época, o ex-presidente Gustavo Noboa usou todos os seus recursos políticos para destruir seus opositores e também a operação que o investigou.

De acordo com Tognolli, a mesma tática poderia estar sendo tramada pelo empresário da Odebrecht, ou seja, arrastar toda a oposição do PT para a lama e tentar melar a operação Lava-Jato.

Resumindo, a Tática Noboa seria algo como jogar “cocô no ventilador” […] como diz o jargão.

O PMDB (até então aliado do PT) não conseguiu o feito de ‘estancar a sangria’ da Lava-Jato, então o partido de Temer estaria sendo considerado como inimigo do PT.

O PT já se enrolou por conta própria.

Então a jogada final seria colocar todos os outros partidos na mesma salada, ou suruba como diz o senador Jucá.

Tognolli faz uma consideração final:

Vai sobrar tiro pra todo lado!

Marcelo Odebrecht não é o bobo da corte que ele disse ser.

publicidade